nelore-lemgruber-elite-de-pasto_edited

     O Nelore Lemgruber, introduzido no Brasil em 1878, vem sendo criado e selecionado a pasto, ao natural, durante todo esse tempo. Nos últimos 30 anos, seu melhoramento passou a priorizar as características de Adaptação ao Ambiente (a pasto, com predominância de Brachiaria), Fertilidade (precocidade e longevidade), Aptidão Econômica (ganho de peso, conformação e terminação da carcaça, temperamento, tolerância a parasitas, etc.) e Características Raciais (registros de nascimento e definitivo). Objetiva-se a obtenção de animais rústicos e eficientes, capazes de produzir a carne vermelha dentro do contexto de uma pecuária sustentável, progressista e lucrativa, e ao mesmo tempo adaptada à extensão e ao meio ambiente do país.

Por quê Nelore Lemgruber?

  • Heterose com Qualidade: Por se tratar de uma linhagem diferenciada de gado Nelore - perfeitamente adaptada ao nosso país e selecionada com critérios rígidios - o Lemgruber passa a ter uma importância fundamental como opção para os demais criatórios; beneficiando duplamente os usuários, pela qualidade genética e pelo choque de sangue dentro da raça.

  • Baixos Custos de Produção: O sistema de produção a pasto é o grande trunfo que o Brasil possui, permitindo a produção de quantidades substanciais de carne a custos baixos. Dentro dessa realidade, o Nelore Lemgruber oferece aos criadores animais eficientes, produtivos e econômicos, aproveitando ao máximo essa vantagem competitiva que caracteriza e pecuária do nosso país.

  • Responsabilidade Social e Ambiental: O boi de capim consegue transformar fibras grosseiras em carne, a melhor fonte de proteínas e minerais para a alimentação humana; não concorrendo com o homem ou com outros animais na utilização de grãos como fonte de alimentos. Adicionamente, as enormes áreas de pastagens no Brasil tropical funcionam como verdadeiros "filtros" da atmosfera, seqüestrando o carbono do ar e armazenando-o nas raízes durante seu período produtivo.