top of page
Buscar
  • Foto do escritorPor revistanelore

Angus bate novo recorde de exportação de carne


Foto: Eduardo Rocha

A Carne Angus Certificada atingiu novo recorde de exportação. O total enviado ao mercado externo ao longo de 2022 alcançou a marca de 1,88 mil toneladas, conforme dados apurados pela Associação Brasileira de Angus e divulgados neste mês após balanço final do ano em reunião de diretoria da entidade. A quantia é 102% superior ao consolidado em 2021, quando os embarques somaram 934,01 toneladas.


“Esse resultado é motivado pela alta dos envios para China e países do Oriente Médio”, afirma o presidente do Comitê Gestor do Programa Carne Angus Certificada, Nivaldo Dzyekanski, destacando ainda a abertura de mercado para Malásia, Portugal e Tailândia e a venda de outros tipos de produtos, como os inéditos entranha, linguiça e hambúrguer.


A China continua sendo o principal destino da Carne Angus Certificada. Sozinha, abocanhou 81% do total exportado no ano passado, com foco na aquisição de cortes do dianteiro. Na série histórica do Programa, que completa 20 anos em 2023, o país asiático representa quase 50% de tudo o que já foi enviado de carne Angus pelo Brasil.


“Isso nos mostra que os chineses provaram e aprovaram nosso produto”, afirma a gerente nacional do Carne Angus, Ana Doralina Menezes.


Além da China, se destacaram como compradores Arábia Saudita, Emirados Árabes e Singapura. Os principais cortes exportados no ano foram filé mignon, filé de costela, contrafilé, coração de alcatra, lagarto e acém.


A expectativa para 2023, segundo Dzyekanski, é de abertura de novos mercados e expansão dos embarques para o exterior. “A carne Angus tem um imenso potencial de crescimento, por isso iremos trabalhar para aumentar o leque de países que consomem nossos produtos. Queremos manter essa curva ascendente”, projeta o presidente do Comitê.


Criado neste ano, o colegiado busca exatamente amplificar o fomento ao programa, que é o maior em atuação no segmento de cortes nobres.

Comments


1270x190-1.gif
bottom of page