Banner-Premix---1270x190px (1).png
Buscar
  • Por revistanelore

Sindi por todos os cantos

Leilões e eventos virtuais fortalecidos com apoteose do Sindi na Festa do Boi de Parnamirim no Rio Grande do Norte marcam a evolução da raça no mercado nacional e internacional



A raça Sindi manteve sua trajetória de crescimento e fortalecimento da genética por todo o ano de 2021. A ABCSindi registrou quase 40 leilões de associados com a maior parte homologada pelos promotores junto a entidade.


“O programa de leilões oficiais começou esse ano e a receptividade é muito boa. Esse panorama nos deixa muito otimistas nesse momento de consolidação da raça, pois há menos de cinco anos não tínhamos mais que uma dezena de leilões no Brasil inteiro e contando até mesmo os eventos de plantéis que ainda não estão formalizados nos quadros da Associação promocional”, avalia o Diretor de Marketing da ABCSindi, Eduardo Oliveira.


Nos leilões virtuais e presenciais a genética registrou alta demanda e valorizações recordes em diversos remates. “Para exemplificar tivemos os presenciais OT com recorde de preço da raça e o Essência da Raça Sindi uma valorização fantástica com evolução de mais de 100% nas médias. O virtual Sindi Don dobrou o faturamento em um ano, surpreendendo até mesmo o promotor. E nas ofertas de produção a liquidez foi total sempre. Além disso vale destacar a entrada de dezenas de novos criadores e novos investidores em cada remate”, conta Silvestre Marinho do Carmo, da Connect Leilões, empresa responsável por mais de 80% do mercado.


Outro número que serve de demonstrativo, respalda os gráficos de crescimento positivo e merece destaque é o da contratação de touros pela indústria de sêmen do Brasil. Além da categoria de prestação de serviços, ao todo 35 reprodutores cumprem temporadas de coleta em 6 centrais para comercialização junto ao mercado pecuário.


Os animais de diversas linhagens, com altas avaliações e PTAs positivos são crioulos de uma dúzia de plantéis de seleção estabelecidos nas regiões Nordeste, Centro Oeste e Sudeste.


“A Central sempre acreditou nas qualidades funcionais do Sindi contratando o primeiro reprodutor da raça. E continuamos acreditando não só em genética de touros avaliados, seja carne ou leite, mas também na disponibilização de material sexado para o mercado. A raça tem se superado na venda de sêmen nos últimos anos e foi isso que fez a ABS aumentar a contratação. O mérito desse crescimento está relacionado com a satisfação de nossos clientes pelos produtos obtidos: animais sadios e lucrativos”, informa o coordenador de Produto e Atendimento Leite da ABS, Fernando Rosa.


Apoteose antecipada para o Sindi em Parnamirim


Com o ano cheio e movimentado a raça Sindi foi protagonista absoluta na Festa do Boi, realizada em Parnamirim, área metropolitana de Natal, Rio Grande do Norte. Seguindo todas as recomendações de protocolo de enfrentamento do Covid 19, os criadores levaram para a maior exposição do Nordeste quase 200 exemplares dos principais plantéis regionais.


Além da pista pesada de julgamento com todas as categorias contempladas, o gado fez bonito no torneio leiteiro, no Leilão EMPARN e no tradicional Leilão Estrelas que é realizado desde 2002 por Sindi OCP, Bom Pasto e Arvoredo. Na programação foi inaugurada a obra de revitalização da sede do Núcleo de Criadores do Rio Grande do Norte e uma homenagem ao criador Woden Coutinho Madruga com a presença de representantes do Governo do Estado e da ABCZ, nas pessoas do presidente Rivaldo Machado Borges Junior e do vice, Fabiano França Mendonça.


“Nós só temos que agradecer o apoio da Associação Norte Rio Grandense de Criadores (ANORC), Núcleo de Criadores de Sindi do Rio Grande do Norte e a ABCZ. A mostra nos deixou com um sentimento de missão cumprida para o ano e a esperança de poder ver em breve todas as exposições e eventos técnicos acontecendo em sua plenitude. E com isso a responsabilidade da ABCSindi, de seus representantes da diretoria e dos associados só aumenta no sentido de zelar pelo melhoramento da raça, pela produção de estudos com a coleta de dados zootécnicos e a preservação dos valores genéticos que são essenciais para o desenvolvimento da pecuária produtiva, rentável e sustentável”, finaliza o presidente da ABCSindi, Orlando Cláudio Gadelha Simas Procópio.


18ª Nacional da Raça Sindi

Grande Campeã: Etna OT
Reservada: Siriema Sindi da FTI
Grande Campeão: Radesh J França
Reservado: Origame Sindi da FTI
Melhor Criador: Marcelo Tavares de Melo (FTI)
Melhor Expositor: Josemar França (J. França)

Reportagem publicada na edição de dezembro de 2021 da revistanelore. Leia a edição completa AQUI.


andav_22_banner_1270x190px.png